• Carlos Guglielmeli

POR FALTA DE ENERGIA ELÉTRICA, INDÚSTRIA DEIXA DE GERAR 350 EMPREGOS EM CIDADE DO ENTORNO


A Nutridami, fabricante de ração para cães, esta com seu Galpão Industrial em Cristalina pronto para funcionar, mas por falta de energia permanece inoperante. O problema está na distribuição da CELG, pois a produção energética regional está acima do consumo local.

Calcula-se que a empresa já tenha investido 12 MILHÕES nessa sua primeira filial construída em 2.000 metros quadrados a beira da BR 050 sentido Cristalina / Brasília.

Com estimativa de gerar mais ou menos 350 empregos na região, essa é apenas a primeira de três unidades produtivas previstas para o local, mas todo planejamento estratégico da indústria esbarrou na distribuidora de energia.

Pronta desde o final de 2015, a fabrica já poderia estar recebendo matéria prima agrícola, que faz parte da vocação econômica do estado de Goiás e produzindo algo em torno de 10 toneladas de ração por hora.

Espera-se que a CELG dê solução ao problema, agora que foi privatizada e passou para o controle de um consórcio italiano.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3