• Carlos Guglielmeli

Lula depõe na condição de réu


Pela primeira vez o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva depõe como réu. Nesta terça-feira (14/03), Lula vai falar em sua própria defesa na 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília no processo que apura sua suposta obstrução à justiça.

Lula é acusado de tentar comprar o silêncio de Nestor Serveró, ex-diretor da Petrobras preso na operação Lava-Jato.

São réus nesse processo, além do ex-presidente, o banqueiro André Esteves, o pecuarista José Carlos Bumlai, o filho dele, Maurício Bumlai, o ex-assessor do senado Diego Ferreira, o advogado Edson Ribeiro e o senador cassado Delcídio Amaral que se transformou em colaborador da justiça entregando o envolvimento de todos os outros.

Delcídio havia sido preso em 2015, pego em gravação tentando comprar o silêncio de Serveró. Na ocasião se sentiu abandonado pelo partido do ex-presidente e seu próprio, PT, e resolveu aderir a delação premiada.

A denúncia conta o Lula foi apresentada ao STF (Supremo Tribunal Federal) pelo procurador-geral Rodrigo Janot, pois na ocasião Delcídio ainda gozava de foro privilegiado por ainda ser senador. Depois da cassação de Amaral o processo foi remetido à 10ª Vara Federal em Brasília, sendo recebida a denúncia em julho de 2016.

Lula é o último réu a ser ouvido nesse processo e essa faze é parte da finalização do mesmo, porém as partes ainda podem pedir diligência, mas se isso for indeferido, negado pelo juiz, o processo passa para a fase final de alegações.


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?