• Carlos Guglielmeli

Cinco governadores estão na lista de Janot


Imprensa revela novos nomes que constam nos pedidos de abertura de inquéritos feitos pelo Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, no âmbito da operação Lava-Jato.

Foram incluídos na lista dos delatados mais um ministro de Temer, outros quatro senadores, cinco deputados, o tesoureiro da campanha de Dilma em 2014, um ex-assessor da ex-presidente, o presidente da FIESP, o prefeito de Ribeirão Preto e cinco governadores.

O nome dos cinco governadores revelados foram Renan Filho (PMDB-AL), Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ), Fernando Pimentel (PT-MG), Tião Viana (PT-AC) e Beto Richa (PSDB-PR).

Essa revelação a conta-gotas dos nomes inclusos na “Delação do Fim do Mundo”, como é chamado o conjunto de delações feitas por executivos e ex-executivos da construtora Odebrecht, pode deixar de ser assim caso o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, aceite o pedido de revogação do sigilo desses depoimentos solicitado pelo Procurador Geral Rodrigo Janot.

Dos 83 nomes enviados por Janot ao STF, 38 já são conhecidos conforme a lista que segue relacionados por partidos:

  • DEM – José Carlos Aleluia, Rodrigo Maia

  • PMDB – Edison Lobão, Eduardo Cunha, Eliseu Padilha, Eunício Oliveira, Geddel Vieira Lima, Lúcio Vieira Lima, Luiz Fernando Pezão, Marta Suplicy, Moreira Franco, Paulo Skaf, Renan Calheiros, Renan Filho, Romero Jucá, Sérgio Cabral

  • PRB – Marco Pereira

  • PSB – LÍdice da Mata

  • PSD – Gilberto Kassab

  • PSDB – Aécio Neves, Aloysio Nunes, Beto Richa, Bruno Araújo, Duarte Nogueira, José Serra

  • PT – Andres Sanchez, Antonio Palocci, Dilma Rousseff, Edinho Silva, Fernando Pimentel, Guido Mantega, Jorge Viana, Lindbergh Farias, Luiz Inácio Lula da Silva, Marco Maia, Tião Viana

  • PTB – Paes Landim

  • Sem partido – Anderson Dornelles


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png