• Carlos Guglielmeli

Grupos estrangeiros arrematam aeroportos de Salvador, Florianópolis, Fortaleza e Porto Alegre


O negócio rendeu R$ 3,72 bilhões ao governo brasileiro durante o período de concessão.

Considerado como um sucesso, o pregão arrecadou cerca 23% acima do valor esperado de R$ 3,014 bilhões, porém o valor está abaixo dos valores praticados nas primeiras rodadas de concessão de aeroportos.

Os lances mínimos para cada aeroporto era de 25% do valor da outorga, esse valor terá que ser depositado no ato de assinatura de cada contrato, com isso o governo vai arrecadar R$ 1,43 bilhões nesse primeiro momento, 94% sobre o mínimo estabelecido pelos editais.

Três grupos estrangeiros levaram as quatro concessões, os aeroportos de Fortaleza e Porto Alegre ficaram com a alemã Fraport AG Frankfurt Airport Server, o aeroporto de Salvador ficou com a francesa Vinci Airports e o aeroporto de Florianópolis será controlado pela suíça Zurich Airport International AG pelos 30 anos do contrato.


Publicidade

1/3
Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Precisa explicar?