• Carlos Guglielmeli

PF prende 5 dos 7 conselheiros do TCE-RJ e leva presidente da Câmara Legislativa carioca para depor


PF prende 5 dos 7 conselheiros do TCE-RJ e leva presidente da Câmara Legislativa carioca para depor

A operação recebeu o nome de “Quinta do ouro” em referência ao imposto de 20% que a coroa portuguesa cobrava dos mineradores no período Brasil Colônia, dos quais 5% eram retidos pela realeza brasileira.

Baseados nas evidências levantadas em torno da delação do ex-presidente do TCE-RJ (Tribunal de Contas Estadual), Jonas Lopes de Carvalho Filho, a Polícia Federal prendeu hoje os conselheiros Aloysio Neves (atual presidente), Domingos Brazão, José Gomes Graciosa, Marco Antônio Alencar e José Maurício Nolasco.

Além dos mandatos contra os membros do Tribunal, o presidente da Câmara Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB) foi conduzido coercitivamente para depor na Superintendência da Polícia Federal e os bens de todos os envolvidos foram bloqueados.

A conselheira Marianna Montebello é a única integrante do tribunal fora de suspeitas da “Quinta do Ouro”.

O início dessa operação foi motivada por revelações da Operação Calicute que levou o ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral e esposa para a cadeia.

As delações e evidências levantadas durante as investigações apuraram que para não incomodarem empreiteiras e empresas do ramo de transporte público, flagradas em irregularidades, os conselheiros cobrava, 1% de propinas sobre os contratos.

Apontado como coordenador da “arrecadação de propinas”, Jonas decidiu colaborar com a justiça após ser levado coercitivamente para depor em dezembro passado, ainda sob o âmbito da Operação Calicute”


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3