• Carlos Guglielmeli

Desemprego bate novo recorde no Brasil


Em três anos o número de pessoas desempregadas mais que dobrou no país, 13,5 milhões de pessoas aptas estão fora do mercado de trabalho. Esse número supera a soma de toda a população do Paraguai e Uruguai juntas.

O índice de 13,2% de desocupados na linha de aptidão para o trabalho, aferidos no trimestre de dezembro a fevereiro, é recorde na série histórica da medição que começou em 2012.

Os dados foram divulgados hoje, 31/03, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e superam em 1,3% o resultado do mesmo período no ano anterior.

Segundo o IBGE, só do trimestre anterior para o atual 1,4 milhão de pessoas perderam seus empregos.

Esse avanço do desemprego se iniciou nesse mesmo trimestre de 2014, quando o Brasil tinha 6,6 milhões de desempregados e segundo o Coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, “essa taxa ainda podia ser pior se não estivéssemos em um trimestre com características de menor desemprego”.

Embora o cenário seja desfavorável, o avanço do índice de um trimestre para o outro é menor este ano, comparado ao ano anterior.

Na outra ponta do mercado de trabalho, o número de pessoas empregadas no país é o menor já registrado na história, 89,3 milhões de pessoas.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png