• Carlos Guglielmeli

Desemprego bate novo recorde no Brasil


Desemprego bate novo recorde no Brasil

Em três anos o número de pessoas desempregadas mais que dobrou no país, 13,5 milhões de pessoas aptas estão fora do mercado de trabalho. Esse número supera a soma de toda a população do Paraguai e Uruguai juntas.

O índice de 13,2% de desocupados na linha de aptidão para o trabalho, aferidos no trimestre de dezembro a fevereiro, é recorde na série histórica da medição que começou em 2012.

Os dados foram divulgados hoje, 31/03, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e superam em 1,3% o resultado do mesmo período no ano anterior.

Segundo o IBGE, só do trimestre anterior para o atual 1,4 milhão de pessoas perderam seus empregos.

Esse avanço do desemprego se iniciou nesse mesmo trimestre de 2014, quando o Brasil tinha 6,6 milhões de desempregados e segundo o Coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, “essa taxa ainda podia ser pior se não estivéssemos em um trimestre com características de menor desemprego”.

Embora o cenário seja desfavorável, o avanço do índice de um trimestre para o outro é menor este ano, comparado ao ano anterior.

Na outra ponta do mercado de trabalho, o número de pessoas empregadas no país é o menor já registrado na história, 89,3 milhões de pessoas.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3