• Carlos Guglielmeli

Texto base da reforma da previdência foi aprovado na comissão especial da Câmara


Depois de muitos recuos e mudanças, entre elas a troca de membros do colegiado que compunha a comissão especial, o texto principal da reforma foi aprovado na noite dessa quarta-feira, 03/05.

O placar da votação teve a mesma proporção que o governo precisa para aprovar a reforma no plenário da câmara, 23 ou 62% dos membros da comissão votaram a favor do texto, enquanto 14 deputados foram contra.

O texto do relator do projeto, deputado Arthur Maia (PPS-BA), alterou pontos centrais da proposta original na busca de votos reticentes entre os deputados, porém o governo sinalizou não poder mais fazer concessões.

A última mudança foi revogada minutos após ser apresentada. Maia havia incluído os agentes penitenciários em um regime especial já na sessão de votação, mas minutos após um intervalo retrocedeu, retornando a categoria para o regime geral. Isso fez os ânimos se exaltarem ao ponto dos agentes invadirem e tumultuarem a sessão.

Segundo Maia, o texto volta a ser votado apenas na próxima semana. O governo agora sai em busca de uma margem de segurança para garantir a aprovação da reforma que consideram a mais importante.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png