• Carlos Guglielmeli / Foto: Reprodução TV

Valparaíso – Padrasto de jovem desaparecida é preso, suspeito de tê-la assassinado


O Sr. Valdezar, padrasto da jovem Thayná Ferreira de 21 anos foi preso hoje pela Polícia Civil de Goiás , suspeito de tê-la assassinado.

Thayná está desaparecida a três meses e foi vista pela última vez saindo do prédio onde morava, ao lado do seu padrasto.

Segundo o delegado Rafael Abrão, novos elementos periciais e contradições em seus depoimentos levantaram fortes indícios conta o padrasto de Thayná, o que justifica sua prisão preventiva.

Rastreamentos feitos nos sinais emitidos pelo telefone de Valdezar no dia do desaparecimento indicam trajetos diferentes do que ele declarou em seus depoimentos e o mais importante indício foram substâncias hematoides encontradas no interior do seu carro, em suas roupas e em um facão do padrasto.

Exames de DNA estão sendo feitos para comprovar se as substancias encontradas são mesmo sangue humano e se isso for comprovado, se pertence a jovem desaparecida.

Uma segunda linha de investigação da Polícia Civil de Goiás são os locais de por onde o Sr. Valdezar passou e pode ter escondido o corpo de Thayná.

A perplexidade tomou conta das redes sociais valparaisenses, pois mesmo que houvesse o desejo pelo fim do mistério em torno do sumiço da estudante de enfermagem, esse não era um desfecho considerado.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png