• Carlos Guglielmeli / Foto: Reprodução

Moro condena Palocci a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro


Essa é a primeira condenação de Palocci. A sentença de 12 anos, dois meses e vinte dias de prisão foi dada pelo juiz federal Sérgio Moro nesta segunda-feira, 26/06.

Denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal), acusado de participação em um esquema de corrupção para favorecer e receber contrapartidas ilícitas da empreiteira Odebrecht, Palocci está preso desde setembro de 2016.

Antônio Palocci foi Ministro da Fazenda no governo Lula e da Casa Civil no governo Dilma. Segundo o que apontou o juiz Sergio Moro, ele teria atuado, neste inquérito, para fraudar as eleições municipais de 2008 e presidenciais de 2010, que elegeu Dilma pela primeira vez.

Além da pena de reclusão, Palocci foi condenado a pagar multas que atingem R$ 1,02 Milhão, dos quais R$ 466 Mil são referentes ao crime de corrupção e R$ 559,8 Mil se referem à lavagem de dinheiro.

O ex-ministro de Lula e Dilma ainda é réu em um outro processo no âmbito da Lava Jato, neste caso o que se apura são oito contratos entre a Petrobras e a Odebrecht que podem ter gerado desvios de R$ 75 Milhões.

Cerca de R$ 12,4 Milhões desse dinheiro teria sido usada para comprar um terreno para construir a nova sede do Instituto Lula e outra parte também seria para beneficiar o ex-presidente com a compra a cobertura vizinha de onde ele mora.

Ainda não há data marcada para o julgamento desse outro processo contra Palocci e há notícias de que o ex-ministro esteja negociando um acordo de delação premiada.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png