• Carlos Guglielmeli / Foto: Reprodução TV

Alta na produção industrial indica recuperação da economia Brasileira


O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística) publicou nesta terça-feira, 04/07, o resultado da produção industrial em maio que subiu 0,8% em relação a abril.

Esse é o melhor resultado para o mês de maio desde 2011, quando o índice foi de 2,7%. No acumulado de um ano a alta foi de 4%, maior salto desde fevereiro de 2014 que superou o mesmo mês do ano anterior em 4,8%.

Os dois resultados, mensal e anual, ficaram acima do resultados das pesquisas feitas pela agência Reuters, 0,6% e 3,05% respectivamente.

André Macedo, economista do IBGE disse que “há uma nítida melhora de ritmo da indústria com altas seguidas que repõem a perda de março (onde a queda foi de 1,6%)”.

A análise mais detalhada mostra que houve uma melhora disseminada, todas as categorias tiveram ganhos, com destaque para bens de consumo durável e bens de capital com 6,7% e 3,5% respectivamente.

Estamos longe de recuperar a retração de 2,4% acumulados dos 12 meses anteriores a maio, mar esse é o caminho. “A queda registrada desde o prenúncio da crise foi de 19%, nossa indústria retrocedeu para níveis de 2009, portanto há muito o que recuperar”, disse a colunista de economia Mirian Leitão.

A repetição desse resultado não é provável, devido à crise política que se agravou com a delação da JBS contra o presidente Temer, revelada justamente logo após a medição, mas os economistas aguardam pelos resultados, pois mesmo com essas instabilidades ainda estão surgindo outros números positivos como a criação de empregos e queda da inflação.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png