• Carlos Guglielmeli

PF faz buscas e apreensões em endereços do ministro Blairo Maggi


Na manhã desta quinta-feira, 14/09, a PF (Polícia Federal) fez diligências em 64 endereços, ao menos dois deles, um em Brasília e outro em São Paulo, de propriedade do Ministro da Agricultura Blario Maggi.

Os mandados foram espedidos pelo Ministro Luiz Fux do STF (Supremo Tribunal Federal) que apura um esquema de corrupção que atuou no MT.

Segundo Fux, “há indícios de envolvimento dos alvos dos mandatos em obstrução da justiça e formação de organização criminosa”.

Em delação premiada, no âmbito da operação Ararath deflagrada em 2013, o ex-governador de Mato Grosso, Sival Barbosa (PMDB) acusou Maggi de pagar uma testemunha para mudar seu depoimento sobre o caso que apura a atuação fraudulenta de Factorings (empresas que compram títulos e ativos como duplicatas e cheques).

Em nota o ministro diz nunca ter participado de nenhum ato ilícito.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png