• Carlos Guglielmeli

Senadores derrubam decisão do STF e devolvem mandato ao colega Aécio Neves


Com o placar de 44 a 26, obtido em votação aberta, o plenário do Senado decidiu nessa terça-feira, 17/10, rejeitar a decisão do STF de impor medidas cautelares contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Em nota, o senador mineiro disse ter recebido o resultado da votação “com serenidade” e completou, “a decisão restabeleceu princípios essenciais de um Estado democrático, garantido tanto a plenitude da representação popular, como o devido processo legal, assegurando ao senador a oportunidade de apresentar sua defesa e comprovar cabalmente na Justiça sua inocência em relação às falsas acusações das quais foi alvo”.

Do lado oposto, o senador Alvaro Dias (Podemos-PR) alertou em seu discurso a favor da manutenção das medidas cautelares contra o tucano que “a decisão de rejeitar as medidas estabelecidas pela Suprema Corte contraria o desejo da sociedade em acabar com os privilégios de poucos”.

O nome de Aécio Neves já aparece no Site do Senado como Senador em exercício e ele já pode voltar a exercer seu mandato. O próximo passo da mesa diretora é comunicar a decisão tomada pelo plenário para o STF.


Publicidade

1/3
Bolsonaro_oferece_cloroquina_à_uma_Ema_
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png