• Carlos Guglielmeli

PGR pede condenação da senadora, presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann


PGR pede condenação da senadora, presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann

Acusados em um processo de corrupção, onde teriam recebido R$ 1 Milhão do esquema de corrupção conhecido como “Petrolão”, a senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann e seu marido, ex-ministro Paulo Bernardo tiveram suas condenações solicitadas pela Procuradora Geral da República Raquel Dodge ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Além da prisão, Dodge pede que os acusados sejam condenados a pagar uma multa de R$ 4 Milhões como reparação e que a senadora perca seu mandato.

O valor da multa solicitada, fixado em 4 vezes o valor do delito, foi justifico pela procuradora, “Os prejuízos decorrentes da corrupção são difusos (lesões à ordem econômica, à administração da justiça e à administração pública inclusive à responsabilidade do parlamento perante a sociedade brasileira), sendo difícil quantifica-los”. Gleisi e Bernardo foram denunciados ao STF por, supostamente, terem recebido R$ 1 milhão desviados de contratos da Petrobras. O casal foi denunciado nas delações à Lava Jato do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa. A defesa da senadora e de seu esposo declara que os clientes são inocentes e que o andamento do processo comprova isso.

PGR pede condenação da senadora, presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

1/3