• Carlos Guglielmeli

PGR pede condenação da senadora, presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann


Acusados em um processo de corrupção, onde teriam recebido R$ 1 Milhão do esquema de corrupção conhecido como “Petrolão”, a senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann e seu marido, ex-ministro Paulo Bernardo tiveram suas condenações solicitadas pela Procuradora Geral da República Raquel Dodge ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Além da prisão, Dodge pede que os acusados sejam condenados a pagar uma multa de R$ 4 Milhões como reparação e que a senadora perca seu mandato.

O valor da multa solicitada, fixado em 4 vezes o valor do delito, foi justifico pela procuradora, “Os prejuízos decorrentes da corrupção são difusos (lesões à ordem econômica, à administração da justiça e à administração pública inclusive à responsabilidade do parlamento perante a sociedade brasileira), sendo difícil quantifica-los”. Gleisi e Bernardo foram denunciados ao STF por, supostamente, terem recebido R$ 1 milhão desviados de contratos da Petrobras. O casal foi denunciado nas delações à Lava Jato do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa. A defesa da senadora e de seu esposo declara que os clientes são inocentes e que o andamento do processo comprova isso.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png