• Carlos Guglielmeli

Pesquisa Datafolha aponta Lula na liderança e Bolsonaro na 2ᵃ posição isolado


Ao mesmo tempo em que o PSDB “patina” tentando emplacar o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, como consenso do partido e como candidato das forças de centro, os extremos de esquerda e direita, Lula e Bolsonaro, vão se firmando como protagonistas na disputa pela presidência da república em 2018.

O Datafolha entrevistou 2.765 pessoas entre nos dias 29 e 30 de novembro, em 192 cidades.

Quando a intenção de voto é questionada de maneira espontânea, sem sugestão de nomes, 17% das pessoas dizem que votariam em Lula, outros 11% escolhem o deputado federal Jair Bolsonaro, enquanto todos os outros nomes possíveis, incluindo Geraldo Alckimin (PSDB), Marina Silva (REDE), Ciro Gomes (PDT) e Joaquim Barbosa (sem partido), não passam de 1%. Aqueles que dizem não saber em quem votar somam 46% e os que declaram não votar em ninguém representam 19% dos entrevistados.

Esse é o único cenário que pode ser comparado com as medições anteriores, pois houve alterações no cenário, com a saída do apresentador Luciano Hulk da disputa e a postura peessedebista em preterir João Dória em relação à Alckimin.

A ordem se mantém parecida, mas com distâncias maiores, quando os entrevistados são estimulados com os candidatos mais prováveis. Nesse caso Lula (PT) lidera com 34% das intenções de votos, seguido à distância por Bolsonaro com 17%, depois vêm empatados na casa dos 6% Ciro Gomes, Marina Silva, e Geraldo Alckimin que são acompanhados por Joaquim Barbosa com 5% e o senador Alvaro Dias (Podemos) 3%.

Na combinação em que o nome de Alckimin é substituído por João Dória, tudo permanece exatamente como está.

Segundo os métodos adotados, a margem de erro da pesquisa é de 2% para cima ou para baixo.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png