• Carlos Guglielmeli

Embaixador brasileiro tem 72 horas para sair da Venezuela


A Venezuela declarou o embaixador brasileiro naquele país, Ruy Pereira, como “persona non grata”. O anúncio foi feito neste sábado, 23/12, pela presidente governista da Assembleia Constituinte, Delcy Rodríguez, “No âmbito da competência da Assembleia Constituinte, decidimos declarar persona non grata o embaixador do Brasil até que se restitua o fio constitucional que o governo de fato violou neste país irmão”, disse ela em alusão ao governo Temer.

Ligados pela ideologia de esquerda, a ditadura Chavista, hoje conduzida por Nicolás Maduro, não reconhece a destituição da petista Dilma Russeff.

Em nota o Itamaraty diz “O governo Brasileiro tomou conhecimento da declaração da constituinte venezuelana de que o governo deste país teria decidido declarar o embaixador do Brasil em Caracas ‘persona non grata’. Caso confirmada, essa decisão demonstra, uma vez mais, o caráter autoritário da administração Nicolás Maduro e sua falta de disposição para qualquer tipo de diálogo. O Brasil aplicará as medidas de reciprocidade correspondentes”.

Na prática, essa declaração significa que o embaixador tem o prazo de 24 à 72 horas para deixar a Venezuela, porém Ruy Pereira já está no Brasil para passar as festas de fim de ano com a família, portanto está impedido de voltar ao país vizinho.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3