• Carlos Guglielmeli

Laudo do IML diz que Maluf pode continuar preso


"Mesmo que com doença grave e permanente, o deputado federal Paulo Maluf pode continuar preso, desde que com acompanhamento ambulatorial especializado", é o que atestou o IML em perícia feita no paciente.

A perícia foi determinada pela VEP-DF (Vara de Execuções Penais do Distrito Federal) a pedido da defesa do político, na tentativa de reverter sua pena para prisão domiciliar.

Maluf está “Lúcido, orientado no tempo e espaço, tem discurso coerente, memória preservada e boa cognição. Além disso encontra-se em bom estado geral, com respiração normal, corado, hidratado e afebril ao tato” disse o laudo.

Com esse estado clínico e a negativa do pedido de revogação da prisão feito pela defesa e indeferido pala presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Carmen Lúcia, está provável que Maluf permaneça na Papuda.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png