• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro assina compromisso com o PSL e presidente do PATRIOTA critica


Em uma reunião realizada nesta sexta-feira, 05/01, o deputado federal Jair Bolsonaro e o presidente nacional do PSL (Partido Social Liberal), Luciano Bivar, assinaram um termo de compromisso.

Nem o documento assinado, tão pouco as declarações sobre o assunto trazem a palavra “filiação”, porém pessoas próximas ao deputado dão como certo o seu ingresso no Liberal.

É com muito prazer que o PSL recebe o deputado Jair Bolsonaro e sua pré-candidatura à presidência”.

O mesmo partido que hoje se orgulha com chegada do presidenciável, segundo colocado nas pesquisas, havia divulgado uma nota em dezembro dizendo que o projeto do deputado era “absolutamente incompatível com os ideais do Livres e o profundo processo de renovação política com o qual o PSL está inteiramente comprometido”. Por isso a movimentação desta sexta-feira pegou muita gente de surpresa.

Até poucos dias atrás a filiação de Bolsonaro era dada como certa no PATRIOTA (antigo PEN), segundo o presidente da legenda, Adilson Barroso, “O partido foi feito na conjuntura dele porque eles que mudaram o estatuto, o nome e colocaram cinco pessoas na executiva” e continua criticando antes mesmo de saber do novo rumo do deputado “é uma vergonha ficar com esse lenga-lenga já que tem essa segurança aqui”.

Pessoas ligadas a Bolsonaro dizem que o presidenciável precisava de mais que influência no partido e que o PSL se dispôs a lhe entregar essa segurança.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png