• Carlos Guglielmeli

A regularização dos mototaxistas em Valparaíso é um projeto piloto de organização da cidade e segura


A prefeitura municipal de Valparaíso iniciou nesta semana um processo de regularização da categoria dos Mototaxistas na cidade, com a aplicação de medidas iniciais de fiscalização das motos, pilotos e centrais de atendimento.

Esses procedimentos são os primeiros passos de adequação para a regulamentação definitiva da categoria, que deve ser conduzida pela recém criada SMT (Superintendência Municipal de Trânsito).

Nas operações algumas motos foram apreendidas por falta de documentação obrigatória para a circulação e centrais foram obrigadas a suspender as atividades por irregularidades em suas situações administrativas legais.

Muito se comentou na cidade, principalmente nas redes sociais, sobre o assunto. Os mototaxistas fizeram duas manifestações, protestando contra as fiscalizações, fechando a BR 040 em horário de pico e penalizando milhares de pessoas alheias aos ocorridos, até porque as medidas punitivas só foram aplicadas sob quem estava irregular perante as leis e regras a muito vigentes.

O transporte público remunerado em veículos de duas rodas (moto-taxi) é uma realidade e um serviço fundamental para a circulação de pessoas em Valparaíso e a regularização da categoria é uma obrigação da administração municipal prevista na Legislação Federal (Lei 12.009/2009, resoluções 378, 410 e 414 do Contran – Conselho Nacional de Trânsito) que visa garantir a segurança e o bem estar dos usuários desse serviço.

Não se nega a importância da atividade, mas também não se pode negar que há insegurança e irregularidades no meio de bons profissionais, por isso a SMT deve estabelecer regras como padronização das motos, licenciamento específico delas, qualificação e habilitação dos condutores voltados para o setor e obrigatoriedade no uso de itens de segurança.

Segundo o Sr. Cláudio, comerciante de rações para animais no Céu Azul, “uma cidade melhor só poderá acontecer se tiver regras e elas forem respeitadas, o trânsito de Valparaíso e os passageiros dos moto-taxis precisam disso”.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3