• Carlos Guglielmeli

Cabral chega à penitenciária do Paraná algemado e com pernas acorrentadas


O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, chegou ao IML de Curitiba nesta sexta-feira,19/01, com as mãos algemadas e pernas acorrentadas.

Cabral foi transferido da Cadeia Pública José Frederico Marques, no bairro de Benfica, Rio de Janeiro, para o CMPP (Complexo Médico Penal de Pinhais), na região metropolitana de Curitiba.

A transferência do ex-governador carioca foi um pedido do MPF-PR (Ministério Público Federal do Paraná), acatado pelo juiz Sérgio Moro com base em uma investigação no âmbito da Operação Lava Jato que corre na capital paranaense e considerando as investigações do MPE-RJ (Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro), que apontou o recebimento de “benefícios Indevidos” na Cadeia Pública de Benfica, Rio de Janeiro.

Cabral estaria sendo tratado com regalias como livre acesso aos corredores, alimentação diferenciada dos demais presos, visitas fora dos horários determinados, até uma academia e uma videoteca teriam sido instaladas no presídio para atender o ex-governador.

Na decisão, o juiz Sérgio Moro considerou também a possibilidade de Cabral manter contato com seus antigos comparsas, caso permanecesse no Rio de Janeiro e com essas regalias.

No CMPP Sérgio Cabral vai passar 15 dias numa cela sozinho, sem visitas e sem banho de sol, para se adaptar, depois desse prazo ele passará a dividir outra cela de 12m² com outro preso, onde poderá ter uma televisão de até 20” e um rádio AM/FM.

A determinação da transferência de Cabral do Rio de Janeiro para Curitiba foi tomada em caráter cautelar e poderá ser revista após a manifestação dos seus advogados de defesa, porém as correntes nas pernas e algemas presas na cintura simbolizam a diferença do tratamento necessário e o que vinha sendo dado ao apenado.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png