• Carlos Guglielmeli

Num empate quádruplo, a Acadêmicos do Tatuapé leva o bicampeonato do carnaval paulista


A disputa pelo título de Campeã do Carnaval Paulista foi acirrada até o último quesito apurado.

Apontadas como favoritas pelo Jornal Opção do Entorno, ao final da apuração ficaram empatadas a própria Tatuapé, a Mocidade Alegre, Mancha Verde e Tom Maior, primeira, segunda, terceira e quarta colocadas, definidas apenas pelos critérios de desempate.

Com o enredo “Maranhão: Os tambores vão tocar na terra da encantaria”, a Tatuapé entrou no Anhembi ainda no primeiro dia de desfiles, 09/02. Com acabamentos perfeitos, muito colorida e extremamente harmônica e levando a batida do Reggae na sua bateria, a “bicampeã” fez um desfile impecável.

Uma curiosidade é que tanto a campeã, quanto a vice-campeã, Mocidade Alegre, homenagearam o Maranhão, em determinado momento a Tatuapé também quis ter a cantora Alcione com destaque em uma dos seus carros alegóricos, mas desistiu da ideia, já que a rival estava homenageando diretamente a artista.

Estou muito Feliz, o trabalho da comunidade foi intenso, foi um ano muito difícil. Todas as escolas são merecedoras, fizeram um ótimo trabalho, as quatorze escolas estão de parabéns”, disse o presidente da Acadêmicos do Tatuapé, Eduardo Santos.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3