• Carlos Guglielmeli

Guarda municipal de Valparaíso se fortalece ativa e unifica empenho de vereadores governistas e de o


Guarda municipal de Valparaíso se fortalece ativa e unifica empenho de vereadores governistas e de oposição

Num debate diferente, a sessão ordinária da Câmara Municipal de Valparaíso realizada na sexta-feira, 23/02, foi palco de discursos unificados de vereadores da base governista e da oposição, ambos na defesa da Guarda Municipal.

A corporação foi alvo de uma medida jurídica cautelar, já suspensa, que invalidava o efeito da transformação dos cargos efetivos destinados à guarda patrimonial em Agente da Guarda Municipal. Esses servidores concursados formaram o primeiro “batalhão de segurança pública municipal”.

Não há um entendimento pacificado sobre o dispositivo usado para o preenchimento dos cargos dessa primeira turma”, disse na sexta-feira o Vereador Ferreira que é da base aliada do prefeito Pábio Mossoró. No sábado o parlamentar completou em uma entrevista concedida à Rádio Sucesso FM (98.1mhz), dizendo que “todo esse processo era previstos no ato da criação da Guarda”, algo que os vereadores já haviam estudado em processos semelhantes, como o de Santa Maria/RS, onde o judiciário já pacificou o entendimento.

Provocando as manifestações sobre o assunto, o vereador de oposição ao atual governo, Prof. Silvano, deu o tom para o colega de parlamento, reconhecendo a importância da corporação, inclusive criada por uma lei de sua autoria em 2016 e modificada em 2017, se prontificando a unir esforços com todos os outros vereadores, afim de garantir a atividade desse aparelho auxiliar de segurança municipal.

Em seu pronunciamento o vereador Ferreira chamou de “abutres” da política municipal o grupo que tentou imprimir o clima de desconfiança contra a corporação, os mesmos que festejaram na sexta-feira, em um grupo do aplicativo WhatsApp, a tal medida cautelar, que foi suspensa no mesmo dia.

De certa forma não é o (poder) legislativo, o (poder) executivo, nem são os servidores que hoje, de maneira destemida realizam o serviço da guarda municipal nas ruas, mas é a população do Valparaíso que está sendo prejudicada, talvez antecipando aqui, criando um desconforto em relação a uma medida judicial que é normal no contexto do processo (...) O que vemos hoje é que nós temos aquelas vivanderas de plantão, aqueles sectários, aqueles abutres que não agem contra, que não falam mal do prefeito ou do legislativo, estão maltratando é a população”, estão aqui antecipando julgamento de mérito, de uma ação inicial que ainda vai rolar, não sabemos quanto tempo (...) Se tivermos que corrigir alguma coisa, a gente corrige, se tivermos que pacificar algum entendimento, que o façamos, agora o que não podemos é prejudicar a comunidade, a população de Valparaíso e deixar de forma insegura essas pessoas, esses servidores destemidos que hoje atuam em nossa cidade...

"Vereador Ferreira"

Sem querer, esses que o vereador chamou de “abutres”, acabaram unindo todas as tendências do poder legislativo, consequentemente do poder executivo também, em torno da causa que é unanime na sociedade, a garantia da continuidade e ampliação da Guarda Municipal de Valparaíso.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3