• Carlos Guglielmeli / Imagem: Divulgação

Após saída de Marconi, José Eliton deve fazer um governo de continuidade, mas com seu DNA


Após saída de Marconi, José Eliton deve fazer um governo de continuidade, mas com seu DNA

Marconi Perillo deixa o comando do estado e empossa José Eliton Governador de Goiás. A transferência de poder aconteceu neste sábado, 07/04, numa cerimônia realizada na Alego (Assembleia Legislativa do Estado de Goiás).

Pessoas diferentes, ambos vinham fazendo de Goiás o estado que, por exemplo, conseguiu passar pela pior crise econômica nacional de todos os tempos, preservando o equilíbrio nas contas públicas e mantendo o maior nível de investimentos nos municípios registrado entre os estados brasileiros.

Goiás continuou em obras, os salários não atrasaram e as dividas correntes foram mantidas em ordem, muito diferente da realidade vivida pela maioria das outras unidades federativas estaduais.

O agora governador, José Eliton, disse sobre Marconi Perillo que “não será fácil sucedê-lo. O seu legado é o legado das grandes realizações e o seu exemplo é a inspiração que emana dos grandes estadistas”.

Éliton que tem o perfil do novo político, pacificador e voltado para a produtividade, foi atuante na gestão de Marconi Perillo, assumiu o governo do estado 23 vezes, chefiou delegações internacionais que viabilizaram investimentos na região, comandou a CELG, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, coordenou o maior programa de investimentos em execução no Brasil, o Goiás na Frente, entre outros.

O governo de José Eliton não deve promover rupturas no que já vinha sendo feito, pelo contrário, ele mesmo participou da elaboração de tudo o que ainda está programado, porém suas digitais devem ficar mais evidentes na condução do estado.

Já no domingo, o novo governador nomeou seu secretariado e realizou a primeira reunião de governo, onde estabeleceu o foco da sua gestão no ser humano e no equilíbrio financeiro do estado, “É nossa obrigação e meta o foco no ser humano, no cidadão e na melhoria de vida das pessoas. Peço a cada secretário: tenham sensibilidade com as pessoas, com os mais simples. Sensibilidade de ouvir as demandas de todos. Estejam sempre atentos ao clamor popular” declarou.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

1/3