• Carlos Guglielmeli

Câmara Municipal de Valparaíso comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down, da Conscientização


________________________________

"Para quem trabalha por uma sociedade inclusiva, esses dias comemoram uma simples realidade que precisa ser reconhecida, assistida e respeitada como tal; Uma simples realidade".

(Nathalia Abrantes / Psicopedagoga)

________________________________

A Sessão Especial Conjunta em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down (21 de março), Dia da Conscientização do Autismo (02 de Abril) e Dia Nacional de Luta pela Educação Inclusiva (14 de abril) foi uma iniciativa do vereador Prof. Silvano, acompanhada por todos os outros legisladores valparaisenses.

Mundo afora, as comemorações dessas datas visam dar visibilidade às pessoas com Autismo ou Síndrome de Down, à sua capacidade de contribuir com a sociedade onde estão inseridas e as suas necessidades para que isso seja possível

Realizada na última quinta-feira, 12/04, a sessão mostrou avanços na luta pela inclusão das pessoas Autistas ou portadoras da Síndrome de Down, mas também estabeleceu que ainda pode-se chegar muito mais longe.

Autora do livro “Liane – Mulher como todas”, Liane Martins Collares deu um depoimento emocionado sobre a sua superação frente aos supostos limites de quem tem Síndrome de Down, para hoje se destacar orgulhosamente como "apenas mulher lutadora”.

O Dr. Marcus Vinícius, que já foi vereador da cidade e tem uma filha “para lá de especial” testemunhou sobre a luta de um pai pela inclusão de um(a) filho(a) com necessidades, “muito já se avançou, aqui em Valparaíso temos uma equipe muito boa, que acolheu muito bem a Rafa, mas em geral nós precisamos de mais atendimento público gratuito, por exemplo, mais fonoaudiólogos e mais fisioterapeutas para dar conta da demanda. A gente ainda pode progredir muita coisa. Na sociedade, as pessoas precisam de mais capacidade afetiva para entender e respeitar quem tem necessidade”.

Ao Jornal Opção do Entorno, a secretária municipal de educação, Porf. Rudilene Nobre disse que “o governo do prefeito Pábio Mossoró tem investido na educação especial, há na rede pública de ensino professores com habilitação especifica em AEE (Atendimento Educacional Especializado), por isso nossas escolas já atendem o número significativo de 900 alunos especiais. As escolas contam com uma equipe multidisciplinar que contém fonoaudiologia, psicologia, psicopedagogia, fisioterapia, assistência social, terapias com arte, piscina e educação física, fazendo a estimulação precoce. O atendimento acontece nas escolas pelo professor de AEE no contra turno de aula dos alunos”.

O Brasil é um país vocacionado à igualdade, à inclusão, tanto que é responsável pela inserção do Dia Internacional da Síndrome de Down a 10 anos no calendário da ONU (Organização das Nações Unidas), mesmo tempo que as comemorações acontecem na Câmara Legislativa de Valparaíso, sempre com a propositura do vereador Prof. Silvano e apoio de todos os outros parlamentares, sejam eles aliados ou não.

Segundo o vereador Ferreira, “haverá um tempo em que as ações inclusivas vão se tornar tão naturais que não haverá mais a necessidade de dar visibilidade ao assunto, mas até lá, iniciativas como essa são de extrema relevância”.

Composição da mesa:

Lorena Bittencurt (Promotora de Justiça), Prof. Rudilene Nobre (Secretária Municipal e Educação), Alceu Gomes (Vereador presidente da Câmara), Prof. Silvano (Vereador proponente da sessão), Pábio Mossoró (Prefeito de Valparaíso), Wilma Freitas (Diretora do NAEEI, Isabel Santos (Diretora do CIL).


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?