• Carlos Guglielmeli

TRF-4 nega último recurso de Lula na 2ª instância


TRF-4 nega último recurso de Lula na 2ª instância

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) rejeitou nesta quarta-feira, 18/04, o último recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na segunda instância contra sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex no Guarujá (SP).

A decisão dos desembargadores da 8ª turma, Victor Laus, Leandro Paulsen e do juiz federal Nivaldo Brunoni, que substituiu o relator, desembargador João Pedro Gebran Neto, que está de férias foi unânime, em uma votação que durou poucos minutos, pois acusação e defesa não fizeram sustentação oral.

O recurso rejeitado nesta quarta-feira foi o chamado Embargo dos Embargos. Em tese a defesa se opôs à rejeição do Embargo de Declaração contra decisão, na qual os titulares da 8ª Turma condenaram Lula a 12 anos e 1 mês de prisão.

Juristas são unânimes em afirmar que este "recurso do recurso" é meramente protelatório e naturalmente não surte efeito quanto a reforma das condenações.

Com a publicação do acórdão (sentença colegiada), que ocorre em até 10 dias, encerra-se a tramitação do caso de Lula na segunda instância, referente ao caso do triplex.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

1/3