• Carlos Guglielmeli

TRF-4 nega recurso de José Dirceu, que já pode ser preso a qualquer momento


TRF-4 nega recurso de José Dirceu, que já pode ser preso a qualquer momento

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) rejeitou nesta quinta-feira, 19/04, o último recurso do ex-ministro José Dirceu, em 2ª instância, os embargos infringentes.

José Dirceu foi condenado em primeira instância pelo juiz Sérgio Moro da 13ª Vara Criminal Federal do Paraná à 30 anos e 9 meses pelos crimes corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa no âmbito da Operação Lava Jato.

Os embargos infringentes foram rejeitados pela Quarta Seção do TRF-4, que reúne os membros das 7ª e 8ª Turmas do tribunal, especializadas em direito penal.

Com a negativa de mais esse recurso, fica aberto o caminho para que o juiz Sérgio Moro, responsável pela condenação em primeira instância, decrete a prisão de Dirceu, baseado no entendimento atual do STF (Supremo Tribunal Federal), que autoriza a execução provisória de pena após encerramento do transido recursal em 2ª Instância.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

1/3