• Carlos Guglielmeli

Segurança Pública de Valparaíso volta a ser discutida na 4ª reunião do GGIM


O Governo municipal de Valparaíso realizou nesta terça-feira, 08/04, a 4ª reunião do GGIM (Gabinete de Gestão Integrada Municipal) na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento econômico.

Na oportunidade temas como o mapeamento de crimes, Operação Madrugada Viva, limpeza e notificação de lotes abandonados que se tornam esconderijo de bandidos, redução de índices de criminalidade, segurança nas escolas, entre outros, foram tratados.

Valparaíso já foi a terceira cidade mais violenta do país, numa medição de homicídios a cada 100 mil habitantes, e hoje não está nem entre os 120 piores municípios.

Baseado em dados oficiais, levantados conforme as ocorrências registradas, o Delegado Dr. Henrique da Polícia Civil de Goiás informou a recente queda nas taxas de homicídio de 26 por mês para 4,5 na média este ano, os roubos à residências comparando abril de 2017 com o mesmo mês deste ano caíram de 9 casos para 2.

As Operações Madrugada Viva, idealizadas pelo Tenente Tiradentes, foram unanimemente defendidas como protagonistas nesses resultados, pois no decorrer de todas as suas edições, a maioria realizadas em períodos críticos como as noites de sextas-feiras e sábados, a cidade não registrou nenhum caso de crime contra a vida, a mulher ou o patrimônio. Suas abordagens em estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas foram fortificadas pelo dado apresentado pela Polícia Civil mostrando que 30% dos homicídios acontecem nesses locais ou envolvem pessoas que neles estiveram antes do delito.

Mais uma vez, assim como nas operações o Conselho Tutelar, um dos atores principais nessas ações não compareceu, mas sobre isso o secretário executivo do GGIM, João Bastos, informou que o órgão já foi oficiado das ações e o Secretário de Cultura Ricardo Viana colocou, em nome do governo, um ônibus a disposição das operações Madrugada Viva para recolher os menores em situações de ilegalidade.

Participativo nas questões de segurança pública, o presidente da Câmara Municipal, vereador Alceu Gomes, atendeu a solicitação do Tenente Tiradentes, endossada pelo representante do Ministério Público, Dr. Daniel Naiff, e marcou uma reunião entre os membros do GGIM e os vereadores para discutirem a criação do IPTU progressivo, a ser aplicados em imóveis abandonados e a readequação da Lei Seca.

Presidido pelo prefeito Pábio Mossoró, o GGIM é um modelo moderno de gestão integrada da segurança pública municipal que funciona como uma câmara de inteligência, identificando oportunidades e alternativas que passam a ser usadas em ações que levam mais segurança para a população.

O gabinete é composto por representantes dos mais diversos segmentos do público e sociedade civil como Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público, Guarda Municipal, órgãos de fiscalização, representantes de todas as áreas do governo e comunidade.


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?