• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Ex-governador de Minas Gerais se entrega à Polícia


Eduardo Azeredo ex-governador de Minas Gerais pelo PSDB se entregou à Polícia Civil do estado na tarde desta quarta-feira (23), por volta das 14h.

Segundo a assessoria do Gabinete da Polícia Civil, Azeredo se apresentou espontaneamente à 1ª Delegacia Sul de Belo Horizonte, após negociação entre sua defesa e a polícia. Ele estava acompanhado de advogados.

Na terça-feira (22), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais negou o último recurso apresentado pela defesa do ex-governador e ex-senador mineiro e determinou sua prisão imediata.

O tucano foi condenado pela primeira vez em dezembro de 2015 pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, quando foi sentenciado a 20 anos e 10 meses de prisão por participação no chamado mensalão tucano.

Assim como aconteceu no caso Lula, a defesa de Azeredo acordou uma “sala de Estado Maior” localizada em uma Academia do Corpo de Bombeiros para que ele cumpra sua pena.

Segundo a Seap (Secretaria de Administração Prisional) a sala, tem 27 metros quadrados, possui banheiro privativo com chuveiro quente, uma mesa de apoio e uma cama de solteiro e quanto a alimentação, o tucano vai receber as mesmas 5 refeições diárias oferecidas aos detentos em presídios.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png