• Carlos Guglielmeli

A recuperação de ponte na Avenida Minas Gerais está a caminho, diz secretário de infraestrutura


Uma das principais vias do Bairro Anhanguera, a Avenida Minas Gerais chegou a ser interditada pelo risco de acidente na ponte sobre o córrego Zé Manoel que desmoronou parcialmente.

A poucos dias a TV Anhanguera esteve em Valparaíso e fez uma entrevista com moradores sobre a ponte, apresentou o problema, mas não discorreu sobre as soluções articuladas para o caso, deixando a população apreensiva.

Segundo o Secretário Desenvolvimento e Infraestrutura Urbana, Antônio Reis, “o processo de licitação para a contratação da empresa que vai reconstruir a ponte já está em andamento”.

Reis também disse ao Jornal Opção do entorno que já existe o orçamento necessário para a obra, serão R$ 630 Mil do governo federal e, em contrapartida, R$ 70 Mil com recursos próprios do município.

Quando assumimos vimos que tinha um restante da verba, R$ 630 Mil, que poderia ser usada no concerto da ponte. Fizemos o projeto e recuperamos o a verba que tinha se perdido e agora vamos construir uma nova ponte”, declarou o secretário.

Essa recurso federal era de um projeto para a revitalização do Córrego Zé Manoel que não foi executada integralmente pelo governo anterior e por isso foi perdida. Para recupera-la a atual gestão Municipal de Valparaíso, sob o comando do prefeito Pábio Mossoró, teve que elaborar um novo projeto, apresenta-lo no Ministério das Cidades, à época comandado pelo ministro Bruno Araújo, e aguardar sua aprovação para, só então, iniciar o processo licitatório.

Ainda não há prazo para o início ou o final da obra, pois o tempo de duração dos trâmites legais para a conclusão de um projeto público como esse, nesse estágio, depende da conduta das empresas que apresentaram propostas para a execução do mesmo, porém “agora é só finalizar trâmites burocráticos exigidos por Lei” comentou mais uma vez o secretário Antônio Reis.


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?