• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Na briga contra os Fake News, Facebook tira 283 páginas e perfis do ar


Na briga contra os Fake News, Facebook tira 283 páginas e perfis do ar

Com o fim da eleição mexicana o debate mundial sobre o impacto das mídias sociais nos processos democráticos passa a ser focado na agenda brasileira.

Seguindo o seu padrão, o Facebook tirou do ar nesta quarta-feira (25) 196 páginas e 87 perfis, sem tentar arbitrar quem realmente produz ou não as informações falsas e ou se utiliza de meios artificiais para manipular seus alcances.

O MBL (Movimento Brasil Livre) foi atingido em cheio por essa primeira investida da plataforma, várias de suas páginas e perfis dos seus líderes estão entre os desativados.

Em nota, o Facebook informou que as “páginas e perfis [retirados do ar] faziam parte de uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas no Facebook e escondia das pessoas a natureza e origem de seu conteúdo, com o propósito de gerar divisão e espalhar desinformação”.

Não ficou claro, mas sobre as páginas e perfis ligados ao MBL, o Facebook parece ter considerado que elas violaram as normas relativas à “comportamentos não autênticos coordenados” que trata de ações estruturadas, profissionalmente ou não, para aumentar artificialmente curtidas, compartilhamentos e consequentemente o alcance.

A poucos dias o aplicativo de mensagens Online, WhatsApp, passou a limitar a retransmissão de conteúdos e identifica-las como tal, dessa forma, em caso de Fake News, fica mais fácil e rápida a identificação do autor da publicação criminosa.

Além dos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal Brasileiro, que preveem penas de 6 meses a 2 anos de prisão mais indenização à vítima dos “Fake News”, no caso do período eleitoral que se aproxima, a Lei 12.891/2013 determina penas de 2 a 4 anos de reclusão mais multa de R$15 à R$50 Mil em indenizações ao candidato, partido ou coligação alvos de notícias falsas.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3