• Carlos Guglielmeli

Operação Madrugada Viva garante mais um final de semana tranquilo em Valparaíso


A Operação Madrugada Viva foi às ruas novamente em uma ação conjunta da Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e o órgão de fiscalização da Susfin. Novamente o Conselho Tutelar não esteve presente.

Foram duas noites seguidas de operação, de sexta-feira para sábado, com cobertura do Jornal Opção do Entorno, e de sábado para domingo.

Na primeira noite, sob o comando do “inspirado” Tenente Medrado, o comboio das forças integradas de segurança acrescentaram no seu roteiro usual, locais de difícil acesso e onde a comunidade vinha pedindo a presença da Operação.

Ruas sem asfalto ou esburacadas do Setor de Chácaras, por exemplo, não intimidaram as revistas que localizaram drogas e a fiscalização fechou estabelecimentos irregulares.

Na maior abordagem, a operação atendeu a uma denúncia de perturbação da ordem, e foi parar numa festa paga, com cerca de 800 jovens presentes. A organização tinha parte da documentação em ordem, mas faltava uma liberação do Corpo de Bombeiros.

Ao determinar o fim do evento, os policiais se retirara do local e se posicionaram do lado de fora para evitar tumulto na saída, momento no qual os jovens começaram a atirar garrafas em direção aos policiais e viatura, foi quando o Tenente Medrado coordenou toda a força presente para entrar unida e agilizar a dispersão.

Em poucos minutos tudo estava controlado sem maiores contratempos.

Da hora que começou até o final da Operação, segundo o briefing final do Tenente, “não foram registradas nenhuma ocorrência na cidade”.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png