• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Com chuva no Q3, Hamilton supera Vettel e crava a pole para o GP da Bélgica


Lewis Hamilton cravou a 78ª pole de sua carreira neste sábado no circuito de Spa-Francorchamps, superando seu rival na disputa pelo título da temporada, o ferrarista Sebastian Vettel, em uma emocionante qualificação para o Grande Prêmio da Bélgica 2018

Hamilton superou Vettel por oito décimos de segundo, com a pista secando no fim do Q3.

A chuva não caiu durante as primeiras sessões da qualificação (Q1 e Q2), mas chegou no início do Q3. Depois de todos saírem dos boxes com pneus para o seco, os pilotos foram forçados a trocar pelos compostos intermediários.

Os carros deram algumas voltas antes da chuva parar e a pista foi secando rapidamente, possibilitando melhores tempos volta após volta, mas mesmo tendo feito sua melhor passagem após Hamilton, Vettel não conseguiu melhorar o “1:58.179s” do britânico da Mercedes.

A surpresa ficou com a “nova” equipe do grid da F1. Depois de entrar o fim de semana da Bélgica com dúvidas se realmente poderiam correr, a Racing Point Force India dominou a segunda fila do grid. Esteban Ocon vai largar na 3ª posição, seguido do seu companheiro Sergio Perez.

Romain Grosjean vai largar na 5ª posição com a Haas, à frente da Ferrari de Kimi Raikkonen. Com problemas em sua Ferrari, o finlandês não participou do fim da sessão.

A Red Bull foi surpresa inversa do treino classificatório, ficando apenas com a quarta fila. Max Verstappen superou Daniel Ricciardo, com a equipe austríaca não aproveitando as mudanças nas condições climáticas.

Kevin Magnussen foi apenas o 9º colocado com a outra Haas, enquanto Valtteri Bottas terminou em 10º. O finlandês não marcou tempo na sessão final de qualificação, já que vai largar na parte de trás do grid na corrida de amanhã depois de receber penalidade pela troca de motor neste fim de semana.

O dia também não foi nada bom para a McLaren, com sua dupla eliminada ainda no Q1. Stoffel Vandoorne ficou atrás de Fernando Alonso.

Outra grande surpresa negativa do dia foi a eliminação de Carlos Sainz (Renault) também no Q1 e vai largar ao lado de seu companheiro de equipe, Nico Hulkenberg, que foi o mais lento no Q2.

A Sauber novamente passou para o Q2 com sua dupla de pilotos, ficando atrás das duas Toro Rosso, que por muito pouco não conseguiu participar do Q1 para o GP da Bélgica.

O Grande Prêmio da Bélgica de F1 acontece neste domingo (26) com a largadas marcada para as 10h10 (horário de Brasília).

Confira o Grid de Largada definitivo para o GP da Bélgica 2018 de F1:

1) Lewis Hamilton (Mercedes) 1’58.179s 2) Sebastian Vettel (Ferrari) 1’58.905s 3) Esteban Ocon (Force India/Mercedes) 2’01.851s 4) Sergio Pérez (Force India/Mercedes) 2’01.894s 5) Romain Grosjean (Haas/Ferrari) 2’02.122s 6) Kimi Räikkönen (Ferrari) 2’02.671s 7) Max Verstappen (Red Bull/TAG Heuer) 2’02.769s 8) Daniel Ricciardo (Red Bull/TAG Heuer) 2’02.939s 9) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari) 2’04.933s 10) Pierre Gasly (Toro Rosso/Honda) 1’43.844s 11) Brendon Hartley (Toro Rosso/Honda) 1’43.865s 12) Charles Leclerc (Sauber/Ferrari) 1’44.062s 13) Marcus Ericsson (Sauber/Ferrari) 1’44.301s 14) Carlos Sainz (Renault) 1’44.489s 15) Fernando Alonso (McLaren/Renault) 1’44.917s 16) Sergey Sirotkin (Williams/Mercedes) 1’44.998s 17) Lance Stroll (Williams/Mercedes) 1’45.134s 18) S.Vandoorne (McLaren/Renault) 1’45.307s 19) Valtteri Bottas (Mercedes) Penalizado 20) Nico Hülkenberg (Renault) Penalizado


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png