• Carlos Guglielmeli

Nova pesquisa IBOPE mostra que Bolsonaro lidera nas intenções de votos e na rejeição também


O IBOPE divulgou nesta quarta-feira (5) o resultado da primeira pesquisa eleitoral após a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em barrar a candidatura do ex-presidente Lula. Nela Bolsonaro (PSL) lidera isolado com 22% das intenções de votos.

No segundo lugar estão empatados tecnicamente, Marina Silva (Rede), que caiu de 16 para 12%, Ciro Gomes (PDT) que subiu de 10 para 12% e Geraldo Alkmin (PSDB) com 9%, também variando na casa dos 2% positivamente.

Mais atrás aparecem, Fernando Haddad (PT) com 6%, Álvaro Dias (Podemos) e João Amoedo (Novo), ambos com 3%, Henrique Meirelles (MDB) com 2%, Guilherme Boulos (PSOL), Vera (PSTU) e João Goulart Filho (PPL), ambos com 1% e Cabo Daciolo (Patriota) e Eymael (DC) não atingiram 1%.

A Grande mudança no cenário político foi a queda no índice de votos brancos e nulos que chegavam a 28% e agora somam 21%.

Quando o eleitor é questionado em quem ele “não” votaria, Bolsonaro volta a liderar com também lidera com 44% de rejeição, seguido por Marina Silva com 26%, Haddad 23%, Alkinn 22%, Ciro Gomes 20% e Henrique Meirelles com 14%.

Essa rejeição indica a possibilidade, ou não, de crescimento dos candidato no primeiro turno e é decisiva no segundo turno, por isso, Bolsonaro continua perdendo para todos os adversário, menos para o petista Haddad, na faze final da eleição.

Veja como seria o segundo turno em suas diversas possibilidades, caso a eleição fosse hoje:

* A pesquisa foi feita entre os dias 1 e 3 de setembro e foi registrada na justiça eleitoral sob o protocolo BR-05003/2018


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png