• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro cresce e Haddade oscila para baixo, aponta Datafolha


Segundo a mais recente pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta terça-feira (2), o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) cresceu nas intenções de voto, atingindo 32% na preferência do eleitorado brasileiro.

Do outro lado, seu principal rival, segundo as pesquisas, o candidato do PT Fernando Haddad oscilou para baixo, caindo de 22 para 21% nas intenções de voto. Esse foi o primeiro descenso do petista dede que foi oficializado como substituto de Lula na disputa.

Outros dados divulgados nesta pesquisa que favorecem Bolsonaro são números que apontam seu crescimento em segmentos da sociedade onde ele enfrentava maior resistência. Entre as mulheres, por exemplo, o candidato do PSL ampliou seu eleitorado de 21 para 27%, indicando que o manifesto “#EleNão”, promovido por feministas e apoiado por movimentos e entidades ligadas ao PT", teve um efeito contrário do desejado pelos seus participantes.

Quanto à rejeição, o campeão Bolsonaro teve uma leve melhora, passando de 46% para 45%, já Haddad piorou significativamente neste quesito, passou a ser indesejado por 41% dos eleitores, antes esse número era de 32%.

Mais atrás, Ciro Gomes (PDT) continua em terceiro lugar com os mesmos 11% da medição anterior, seguido por Geraldo Alkmin (PSDB) que caiu de 10 para 9% e Marina Silva (REDE) que também oscilou para baixo, de 5 para 4%.

A pesquisa Datafolha foi feita no dia 02 de outubro, entrevistou 3.240 eleitores espalhados em 225 municípios brasileiros, tem um nível de confiança de 95%, uma margem de erro de 2% para mais ou para menos e foi registrada no TSE com o protocolo BR-03147/2018.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png