• Carlos Guglielmeli

Justiça manda bloquear bens do candidato Afrânio Pimentel e outros


Alvo de uma investigação que apura atos de Improbidade Administrativa enquanto ainda era vereador em Valparaíso, o candidato a deputado estadual pelo PP (Partido Progressista), Afrânio Pimentel, teve seus bens bloqueados a pedido da justiça.

A medida cautelar foi proposta pela promotora de justiça Dra. Oriane Graciani de Souza e deferida pelo Juiz de Direito Dr. Rodrigo Rodrigues de Oliveira e Silva Prudente nesta terça-feira (2).

Ao lado de Afrânio Pimentel, são alvos da medita o vereador afastado, Elvis santos, Emmanuel Lyra dos Santos Abreu e Daniel Joab Marques Pires.

Para ambos foi solicitado um bloqueio que chegue a R$ 193.315,79 (cento e noventa e três mil, trezentos e quinze reais e setenta e nove centavos) na conta de cada um e em caso de insucesso via BACENJUD a decisão pede a indisponibilidade de bens imóveis e até de veículos.

O outro lado:

Segundo o advogado e coordenador de campanha de Afrânio Pimentel, Suenilson Sá, "o decreto de indisponibilidade de bens do agente público, que sofra processo por suposto ato de improbidade administrativa, não configura legalmente uma punição, pois se trata na verdade de uma medida cautelar (preventiva), que tem como objetivo garantir a execução de uma possível condenação".


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?