• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Desemprego cai para 11,9%, atingindo a menor taxa do ano


A taxa de desemprego medida no terceiro trimestre do ano ficou em 11,9%. O índice foi divulgado pela Penad-C (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Continua) e elaborado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Este resultado é inferior ao registrado no período anterior, que ficou em 12,4% e ao mesmo período do ano anterior que era de 14,5%.

Segundo especialistas, o mercado de trabalho está reagindo modestamente, mas o número da população desocupada no Brasil, 12,5 milhões, exige mais velocidade.

O número de pessoas ocupadas subiu 1,5% em relação ao trimestre passado, chegando à 92,6 milhões de pessoas empregadas.

O Penad – C também mediu o número de pessoas desalentadas, aquelas que não procuram mais emprego porque não acreditam que vão conseguir. Hoje há 4,8 milhões de pessoas neste estado, um número estável com relação ao trimestre anterior, mas pior do que o mesmo período do ano anterior, quando esse número era de 4,2 milhões de pessoas.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png