• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Prefeito de Planaltina de Goiás é preso em operação do Ministério Público e da Polícia Civil


Com o apoio da Polícia Civil do estado, o Ministério Público de Goiás (MPGO) deflagrou na manhã desta terça-feira (6) a Operação Mãos à Obra que prendeu, entre outros, o prefeito de Planaltina, Pastor André.

A operação Mãos à Obra apura irregularidades na obra de reforma da Câmara Municipal de Planaltina – GO quando era presidida pelo atual prefeito da cidade. Os envolvidos teriam fraudado os contratos, superfaturado as obras e desviado recursos públicos.

Ao todo, estão sendo cumpridos oito mandados de prisão, sendo cinco temporárias (com 5 dias de validade) e três preventivas (Sem prazo de determinado), além de 14 mandados de busca e apreensão contra empresários e políticos suspeitos de terem participar do esquema. A Operação coordenada pelo promotor Rafael Simonetti, da 4ª Promotoria de Planaltina de Goiás, tem a parceria com o Centro de Inteligência do MPGO e conta com a participação de 15 promotores de Justiça, do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Civil, com a atuação de nove delegados e 37 agentes, e da Polícia Militar do Goiás. Com informações do MPGO


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3