• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Prefeito de Planaltina de Goiás é preso em operação do Ministério Público e da Polícia Civil


Com o apoio da Polícia Civil do estado, o Ministério Público de Goiás (MPGO) deflagrou na manhã desta terça-feira (6) a Operação Mãos à Obra que prendeu, entre outros, o prefeito de Planaltina, Pastor André.

A operação Mãos à Obra apura irregularidades na obra de reforma da Câmara Municipal de Planaltina – GO quando era presidida pelo atual prefeito da cidade. Os envolvidos teriam fraudado os contratos, superfaturado as obras e desviado recursos públicos.

Ao todo, estão sendo cumpridos oito mandados de prisão, sendo cinco temporárias (com 5 dias de validade) e três preventivas (Sem prazo de determinado), além de 14 mandados de busca e apreensão contra empresários e políticos suspeitos de terem participar do esquema. A Operação coordenada pelo promotor Rafael Simonetti, da 4ª Promotoria de Planaltina de Goiás, tem a parceria com o Centro de Inteligência do MPGO e conta com a participação de 15 promotores de Justiça, do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Civil, com a atuação de nove delegados e 37 agentes, e da Polícia Militar do Goiás. Com informações do MPGO


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?