• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Moradores de Brasília e Entorno fazem manifestação contra aumento do judiciário e Bolsonaro sugere q


Um grupo de aproximadamente 60 pessoas se reuniu neste domingo (11), na Praça dos Três Poderes, em Brasília, para protestar contra o reajuste de salários de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e pedir que o presidente Michel Temer vete a proposta.

O reajuste proposto pelo próprio STF foi aprovado na quarta-feira (7) em última votação no Senado Federal e se sancionado pelo presidente Michel Temer, deve provocar uma despesa adicional em torno de R$ 6 bilhões aos cofres públicos

Teoricamente o reajuste altera o subsídio dos 11 integrantes do STF e da atual chefe do Ministério Público Federal, de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil, mas na sequência provoca um efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário, abrindo caminho também para o aumento dos vencimentos dos parlamentares e do presidente da República.

Em entrevista à TV Record no sábado (10) o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), mandou um recado, quase um pedido ao presidente Temer para que vete o reajuste, “não sou presidente. Se fosse, você sabe qual seria a minha decisão. Não tenho outro caminho [a não ser o veto] no meu entender, até para dar exemplo”.

A presença de vários manifestantes vestidos com camisetas do partido NOVO, indica que o movimento tenha sido idealizado pela agremiação, porém a grande maioria das pessoas vestiam as tradicionais roupas verde e amarela.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3