• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro pede apoio à governadores eleitos para aprovar medidas consideradas amargas


O presidente eleito Jair Bolsonaro se reuniu nesta quarta-feira (14) com governadores eleitos e afirmou que “é preciso aprovar medidas consideradas amargas, para que o país se recupere da crise econômica.

Bolsonaro pediu aos eleitos e reeleitos, apoio para aprovar as reformas e disse que todos sabem bem o que deve ser feito para que a economia volte a fluir.

Além disso, Bolsonaro se comprometeu a estudar todas as reinvindicações e sugestões apresentadas pelos gestores em uma carta conjunta. Entre as demandas estão as reformas da Previdência e do sistema tributário, o incentivo a investimentos estrangeiros, repartição de recursos, segurança nas fronteiras e o que chamam de "flexibilização de regras ambientais", para destravar projetos de infraestrutura.

Outra prioridade tratada na reunião é a formulação de um novo pacto federativo. Os futuros governadores reclamam que ao longo do tempo os estados e municípios foram sendo cada dia mais sobrecarregados em áreas como segurança, educação e saúde. Enquanto isso, a distribuição de recursos não acompanhou esse movimento.

A maior parte da arrecadação com impostos, taxas e contribuições ficam com a união, por isso a necessidade de uma distribuição mais justa dos recursos e obrigações.

Segundo João Dória, governador eleito de São Paulo, o futuro ministro da economia, Paulo Guedes,disse que o assunto será prioridade do governo federal. Doria ainda afirmou que, com uma possível aprovação da reforma da previdência, a União terá mais recursos e o dinheiro será compartilhado com estados e municípios.

Dos nove governadores eleitos do Nordeste, apenas dois participaram do fórum: Wellington Dias, do PT do Piauí, e o vice-governador da Bahia, João Leão, do Partido Progressista.

No dia 12 de dezembro está prevista uma nova reunião dos eleitos para discutir o andamento das pautas prioritárias.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png