• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Carille muda a formação do Corinthians, neutraliza o Palmeiras e vence na casa do adversário


Precisou apenas da vitória no clássico contra o arquirrival Palmeiras para que o Corinthians reerguesse a cabeça e animasse a torcida, após um início de temporada irregular e com tropeços.

Fábio Carille levou para a casa do adversário, o Allianz Parque, uma formação diferente do usual, o 4-1-4-1. Com Ralf à frente da zaga, Mateus Vital pela direita, Ramiro e Sornoza por dentro, Jadson na esquerda e Gustagol na frente, o Timão ser superioridade no meio de campo e dominar o Palmeiras em boa parte do primeiro tempo, chegando ao gol da vitória já aos 7 minutos da etapa inicial.

A ideia foi fazer o Jadson sair da esquerda e rodar para ter superioridade no meio de campo. Quando perdesse a bola, o Sornoza voltaria para marcar para fazer a segunda linha. Essa foi a ideia mais na conversa, não tivemos muito tempo para trabalhar. O entendimento foi bem legal e conseguimos neutralizar as principais jogadas do Palmeiras”, disse Carille.

Mesmo conquistando essa vitória importante para o time, Fábio Carille disse em entrevista que ainda não achou a formação ideal do Timão, "Não achei a forma de jogar. Ainda acredito que o Sornoza pode me dar uma resposta boa de lado, ele já jogou aberto pela direita pelo Del Valle, e no Fluminense aberto pela esquerda. Na hora que a gente melhorar esse conjunto, acredito que ele possa jogar assim. Ainda não achei a forma ideal do meu time jogar".

#Palmeiras0X1Corinthians #CampeonatoPaulista #Valparaíso #ValparaísodeGoiás #EntornoSul #JornalOpçãodoEntorno #OpçãodoEntorno #NotíciasdoEntorno #SitedeNotíciasdoEntorno #SitedenotíciasdoValapraíso #NotíciasdoValparaíso #Corinthians #Timão #TimãovenceoPalmeiras

Publicidade

1/3
Bolsonaro_oferece_cloroquina_à_uma_Ema_
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png