• Carlos Guglielmeli / Imagem: reprodução

Vereadores do Rio de Janeiro abrem processo de Impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella


Vereadores do Rio de Janeiro abrem processo de Impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro decidiu nesta terça-feira (2) por 35 votos a 14, abrir uma comissão para abrir processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella (PRB), acusado de crime de responsabilidade.

O pedido aprovado foi apresentado por um fiscal da secretaria de fazenda, Fernando Lyra Reis, na segunda-feira (1º). Segundo ele, o prefeito cometeu crime de responsabilidade na renovação de contratos de mobiliários urbanos em dezembro de 2018.

Três vereadores foram sorteados para compor a comissão processante, dois deles são aliados de Crivella: Paulo Messina (Pros), que era secretário da Casa Civil de Crivella e reassumiu o mandato de vereador exatamente para a votação desta terça-feira, e Luiz Carlos Ramos Filho (PTN). Os dois votaram contra a criação da comissão.

O terceiro integrante é William Coelho (MDB), que votou contra Crivella. Coelho será presidente da comissão e Ramos Filho será relator. A comissão deve notificar o prefeito para que ele apresente sua defesa em até 10 dias corridos, e daí, contar até 90 dias para concluir as investigações e apresentar o relatório final para ser votado em plenário.

Marcelo Crivella permanecerá no cargo nesse período.

Para aprovar o impeachment, ao final do processo, são necessários 34 votos, dois terços dos 51 vereadores.

#MarceloCrivella #ImpeachmentcontraMarceloCrivella #JornaldenotíciasdeValparaíso #NotíciasdeNovoGama #NotíciasdoEntorno #SitedenotíciasdoValapraíso #NotíciasdoValparaíso #NotíciasdeCidadeOcidental #SitedeNotíciasdoEntorno #NotíciasdeLuziânia #JornalOpçãodoEntorno #OpçãodoEntorno

Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

1/3