• Carlos Guglielmeli

Moro responde à Revista Veja


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse nesta sexta-feira (5) que não vê nada de ilícito nas novas e supostas mensagens divulgadas pela reportagem da revista Veja, atribuídas a ele.

Nelas, Moro estaria, supostamente, pedindo ao Ministério Público a inclusão de uma prova no processo de Zwi Skornicki, representante da Keppel Fels e considerado o de ser um dos principais operadores de propina no esquema de corrupção da Petrobras.

Sérgio Moro alega que as mensagens são datadas de 16 ou 17 de fevereiro de 2016, conforme a publicação, e no dia 19 começaria o recesso do judiciário. “Que ilícito tem nisso?” questionou ele.

Segundo o ex-juiz, alguns meses depois, ele próprio atendeu o pedido da defesa para conceder a prisão domiciliar à Skornicki por motivo de saúde, contra a manifestação do Ministério Público e mais tarde absolveu o réu.

Se a mensagem é verdadeira, eu mesmo absolvi essa pessoa, então não é questão de parcialidade, mas sim de esquizofrenia”, declarou Sérgio Moro.

#BlogdoCarlos #BlogdoCarlos #BlogdoCarlos #NotíciasdeValparaíso #JornaldeNotíciasdeValparaíso #JornaldenotíciasdeValparaíso #NotíciasdoEntorno #Notíciasdoentorno #JornalOpçãodoEntorno #JornalOpção #JornalOpçãodoEntorno #AssociaçãoBrasileiradeJornalismoInvestigativo #Jornal #JornalOpção #JornaldeCidadeOcidental #JornaldeValparaíso #JornaldeNovoGama #JornalOpção #JornalOpçãodoEntorno #JornaldeLuziânia #OpçãodoEntorno #OpçãodoEntorno

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png