• Carlos Guglielmeli

Deputados Marcelo Castro (MDB) e Rogério Carvalho (PT) votam contra a criminalização do Caixa 2


Ir para cadeia? Está doido? De jeito nenhum.

Esta foi parte da justificativa do deputado Marcelo Castro (MDB-PI) ao votar contra a criminalização do Caixa 2 de campanha.

A votação foi realizada nesta quarta-feira (10) na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado Federal, durante a análise do projeto anticrime elaborado pelo ministro da justiça e segurança pública, Sérgio Moro.

Marcelo Castro foi Ministro da Saúde no governo Dilma Rousseff e citado na delação premiada da J&F como beneficiário de propina no valor de R$ 1 milhão para eleição de 2014, segundo ele “é praticamente impossível fazer uma campanha eleitoral sem nenhum centavo não contabilizado”.

Estamos entrando num caminho aqui, diante do qual é preciso uma reflexão. Vamos pensar, e eu topo: Pegou caixa dois, perdeu o mandato. Perco o meu mandato tranquilo, vou para casa viver com a minha família”, completou Castro.

A criminalização do caixa 2 foi aprovada na CCJ com ampla maioria, 17 a 2. Além de Marcelo Castro, somente senador Rogério Carvalho (PT) votou contra a constitucionalidade do projeto.

#SenadorMarceloCastro #SenadorMarceloCastro #SenadorRogérioCarval #JurnalOpçãodoEntorno #JornalOpção #JorrnalOpçãodoEntorno #JornalOpçãodoEntorno #OpçãodoEntorno #JornalOpçãodoEntorno #JornalOpção #JornalOpçãodoEntorno #OpçãodoEntorno #JornalOpção #JornalOpçãodoEntorno #NotíciasdoVal #NotíciasdoValparaíso #NotíciasdeValparaíso #JornaldeNotíciasdeValparaíso #JornaldenotíciasdeValparaíso #SitedeNotíciasdoEntorno #NotíciasdoEntorno

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png