• Carlos Guglielmeli

Deputados Marcelo Castro (MDB) e Rogério Carvalho (PT) votam contra a criminalização do Caixa 2


Ir para cadeia? Está doido? De jeito nenhum.

Esta foi parte da justificativa do deputado Marcelo Castro (MDB-PI) ao votar contra a criminalização do Caixa 2 de campanha.

A votação foi realizada nesta quarta-feira (10) na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado Federal, durante a análise do projeto anticrime elaborado pelo ministro da justiça e segurança pública, Sérgio Moro.

Marcelo Castro foi Ministro da Saúde no governo Dilma Rousseff e citado na delação premiada da J&F como beneficiário de propina no valor de R$ 1 milhão para eleição de 2014, segundo ele “é praticamente impossível fazer uma campanha eleitoral sem nenhum centavo não contabilizado”.

Estamos entrando num caminho aqui, diante do qual é preciso uma reflexão. Vamos pensar, e eu topo: Pegou caixa dois, perdeu o mandato. Perco o meu mandato tranquilo, vou para casa viver com a minha família”, completou Castro.

A criminalização do caixa 2 foi aprovada na CCJ com ampla maioria, 17 a 2. Além de Marcelo Castro, somente senador Rogério Carvalho (PT) votou contra a constitucionalidade do projeto.

#SenadorMarceloCastro #SenadorMarceloCastro #SenadorRogérioCarval #JurnalOpçãodoEntorno #JornalOpção #JorrnalOpçãodoEntorno #JornalOpçãodoEntorno #OpçãodoEntorno #JornalOpçãodoEntorno #JornalOpção #JornalOpçãodoEntorno #OpçãodoEntorno #JornalOpção #JornalOpçãodoEntorno #NotíciasdoVal #NotíciasdoValparaíso #NotíciasdeValparaíso #JornaldeNotíciasdeValparaíso #JornaldenotíciasdeValparaíso #SitedeNotíciasdoEntorno #NotíciasdoEntorno

Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3