• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro chama de hipocrisia as críticas à nomeação do seu filho como embaixador nos EUA


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a defender, neste domingo (4), a indicação do seu filho, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL), para o cargo de embaixador brasileiro nos Estados Unidos.

Durante a defesa, Bolsonaro chamou as críticas que classificam a indicação como nepotismo de "hipocrisia", mas admitiu que o Senado pode barrar a indicação de seu filho.

Sim, o Senado pode barrar sim. Mas imagine que no dia seguinte eu demita o [ministro de Relações Exteriores] Ernesto Araújo e coloque meu filho. Ele não vai ser embaixador, ele vai comandar 200 embaixadores e agregados mundo afora. Alguém vai tirar meu filho de lá? Hipocrisia de vocês”, respondeu o presidente.

Bolsonaro disse partir do princípio de que a indicação do filho eleito para o cargo não seria nepotismo. "Tem ministro com toda certeza que tem parente empregado, com DAS [função comissionada], e daí?", questionou ele que acrescentou, "Que mania de que tudo que é parente de político não presta. Tenho um filho que está para ir para os EUA e foi elogiado pelo presidente norte-americano Donald Trump. Vocês massacraram meu filho: fritador de hambúrguer".

#EduardoBolsonaro #EduardoBolsonaro #JairBolsonaro #JairBolsonaro

Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?