• Carlos Guglielmeli

Caiado retira Central de Flagrantes de Valparaíso e Lêda Borges protesta


Em pronunciamento feito nesta quinta-feira (8) durante sessão na Alego (Assembleia Legislativa de Goiás), a deputada Lêda Borges criticou a medida do governador Ronaldo Caiado, que retirou a Central de Flagrantes de Valparaíso.

O governador retirou a Central de Flagrantes de Valparaíso, que é um município com 230 mil habitantes e encaminhou os delegados para Luziânia”, disse a parlamentar.

A Central de Flagrantes valparaisense foi instalada no ano 2000 por meio de um decreto assinado pelo então governador Marconi Perillo (PSDB) que segundo a peessedebista não foi revogado, portanto o governo Caiado está descumprindo uma regulamentação de estado.

Não podemos aceitar um decreto ser descumprido sem ter sido revogado”, alertou a deputada que também protestou contra o favorecimento dado à Luziânia.

A cidade mãe do Entorno Sul é representada pelo deputado Diego Sorgatto, também do PSDB, que traiu o grupo político pelo qual foi eleito para fazer parte da base Caiadista e se beneficiar na composição do governo.

Deixo externado meu repúdio porque as promessas feitas por esse governo eram de que iria olhar com muito carinho para toda a região do Entorno, mas isso não tem acontecido” bradou a Lêda Borges que finalizou, “Todos são igualmente importantes e merecem o devido respeito”.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png