• Carlos Guglielmeli

PSL decide expulsar Alexandre Frota após críticas a Bolsonaro


O Partido Social Liberal (PSL), legenda do presidente Jair Bolsonaro, decidiu na manhã desta terça-feira (13) expulsar o deputado federal Alexandre Frota.

A deliberaç unânime do diretório nacional foi anunciada pelo seu presidente Luciano Bivar, “a decisão foi pela desfiliação do deputado”.

Em maio Frota criticou Eduardo Bolsonaro por ter assumido a direção do partido em São Paulo e quando ele, Eduardo, foi cogitado para assumir a embaixada brasileira nos estados Unidos, o ex ator disse que o Presidente da República estava praticando “a velha política”.

Eleito na “onda Bolsonaro”, com 156 mil votos, Alexandre Frota já declarou que o presidente é sua maior decepção política.

Segundo Bivar “foi um sentimento da executiva nacional do partido, de que não foi a primeira vez que ele [Alexandre Frota] vem se comportando dessa forma, apesar de já termos conversado com ele”.

Os deputados a favor da expulsão alegam que Frota começou a dissidência após ter suas indicações para compor o governo serem vetadas pelo Palácio do Planalto.

Expulso, Alexandre Frota não perde o mandato por infidelidade ao se filiar a outro partido. O parlamentar já teria recebido convites do DEM, PSDB, Podemos, MDB e PP.


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?