• Carlos Guglielmeli

Câmara Municipal de Valparaíso rejeita pedido de abertura de CPI contra prefeito


Câmara Municipal de Valparaíso rejeita pedido de abertura de CPI contra prefeito

A Câmara Municipal de Valparaíso negou nesta sexta-feira (16) a admissibilidade de um pedido que propunha a abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) contra o prefeito Pábio Mossoró (PSDB).

O pedido feito pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) solicitava investigação sobre supostas irregularidades no Portal da Transparência, na contratação de serviços contábeis e a averiguação sobre um pedido de exoneração de servidores feito pelo TCMGO (Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás).

A maioria dos parlamentares, oito dos doze, votaram por não aceitar o pedido seguindo um parecer da assessoria jurídica da Câmara que apontou incorreções no feito, um deles referente à sua autoria, conforme o Art. 5º do decreto presidencial 201/67.

São necessários acima de 1/3 de votos favoráveis para que uma CPI seja instaurada e de 2/3 para aprovação do seu relatório final, portanto os quatro votos favoráveis não foram suficientes para dar prosseguimento no processo.

Ao Blog do Amarildo, o prefeito Pábio Mossoró chamou a ação de descabida e irresponsável:

“É uma ação irresponsável e eleitoreira, todos sabem que esse grupo quer estar na prefeitura a qualquer custo e isso não me atinge porque estamos agindo de forma correta, respeitando as leis”, disse ele.

Mossoró também argumenta que suas contas de 2017 e 2018 já foram aprovadas pelo TCMGO, apontando que suas ações seguem as leis.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3