• Carlos Guglielmeli

Proposta de Caiado, que retira cerca de R$ 1 bilhão das escolas estaduais, deve ser votada na próxim


Proposta de Caiado, que retira cerca de R$ 1 milhão das escolas estaduais, deve ser votada na próxima semana. Lêda Borges articula contra

O presidente da Alego (Assembleia Legislativa de Goiás), Lissauer Vieira (PSB), está esperando apenas o aval do líder da bancada Caiadista, deputado Bruno Peixoto (MDB), para pôr a PEC (Projeto de Emenda Constitucional) da Educação em votação.

A emenda pretende retirar os 2% do orçamento estadual destinados à UEG e os 1,5% destinados aos Institutos Tecnológicos dos 25% garantidos pela constituição brasileira para a educação.

Segundo a deputada Lêda Borges, que articula contra a mudança, isso vai diminuir o dinheiro das escolas estaduais como jamais foi feito em Goiás, pois com ou sem crise e em determinados momentos com déficits orçamentários superiores ao que se tem hoje, os governos anteriores à Caiado sempre investiram os 25% constitucionais exclusivamente na educação básica.

O prejuízo para as escolas públicas estaduais deve chegar a algo próximo de R$ 1 bilhão.

Peixoto, que já adiantou o parecer favorável do relator da matéria na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), deputado Álvaro Guimarães (DEM), está confiante que tem o apoio necessário para aprovar a PEC, 1/3 dos parlamentares, e deve pedir a inclusão do projeto na pauta da próxima semana.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3