• Carlos Guglielmeli

Polícia prende três suspeitos de provocar queimadas em reserva florestal, nenhum é membro de ONG


Polícia prende três suspeitos de provocar queimadas em floresta, nenhum é membro de ONG

Em São Félix do Xingu, Pará, a Polícia Civil prendeu três suspeitos de provocar queimadas em área de floresta nativa, nenhum deles é membro de ONGs, dois são os donos da fazenda Ouro Verde e o terceiro é gerente da propriedade.

Segundo o delegado de polícia, José Umberto Melo, as investigações mostram que o grupo derrubou e ateou fogo em mais de 5 mil quilômetro de mata e podem ter contratado 50 homens que supostamente derrubaram 20 mil hectares em uma parte da fazenda que fica dentro da área de preservação ambiental Triunfo do Xingu.

Durante a operação, foram encontrados trabalhadores em situação análoga à escravidão e um revólver calibre 38, portado ilegalmente por um dos presos.

Os três vão responder por danos em área de proteção ambiental, poluição, queimadas e associação criminosa. De acordo com a Polícia, equipes fazem buscas na fazenda e em outras propriedades dos investigados, localizadas no Estado de Goiás.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3