• Carlos Guglielmeli

Senado Federal aprova Reforma da Previdência em primeiro turno


O Senado Federal aprovou na noite desta terça-feira(01) em primeiro turno, o texto-base da Reforma da Previdência. Foram 56 votos a favor, superando os 49 necessários, e 19 contra. Os parlamentares, no entanto, não concluíram ainda a apreciação de todos os destaques que podem alterar o texto principal.

Após a conclusão desta etapa, que ainda requer a análise de 10 destaques (emendas modificativas), fica faltando apenas uma votação do texto principal, o 2º turno, para que a mudança nas aposentadorias entrem em vigor.

Sobre essas modificações que devem ser analisadas ainda nesta quarta-feira (02), os senadores estão tomando o cuidado para não promover mudanças que obriguem o retorno do projeto para apreciação da Câmara, reiniciando da posição zero a tramitação.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, prevê a aprovação em segundo turno da Reforma até 15 de outubro. No entanto, senadores ameaçam atrasar essa tramitação caso o governo de Jair Bolsonaro (PSL) não cumpra alguns compromissos "atrasados" com os parlamentares.

Segundo Alcolumbre, a principal reivindicação dos senadores é que o Governo Federal defina como será a partilha entre estados e municípios dos recursos, cerca de R$ 106 bilhões previstos, obtidos no megaleilão de petróleo programado para o dia 6 de novembro. O que deve ser resolvido com a edição de uma Medida Provisória.

"Eu vou falar com o governo para ver se a gente consegue fazer esse gesto, esse sinal para os governadores, para eles ajudarem a gente na votação (da Previdência)", disse Alcolumbre, pouco antes da votação em primeiro turno.


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?