• Carlos Guglielmeli

Sem conseguir avançar na CCJ, PEC da 2ª instância deve ser modificada pelo autor


Sem conseguir avançar na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara Federal, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que pretende instituir definitivamente a prisão após condenação em 2ª instância deve sofrer alterações.

Os impasses giram em torno da possibilidade ou não de que a emenda fira a Cláusula Pétrea da Constituição, aquilo que não pode ser alterado em hipótese alguma.

A possibilidade de que a PEC poça a vir ser considerada inconstitucional foi levantada ainda no domingo (10) pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), "Por PEC, tem de ser algo que respeite o que é cláusula pétrea na Constituição. Se (a proposta) for aprovada modificando o artigo 5º, vamos manter a instabilidade política. Se queremos dar uma solução definitiva para a segunda instância, precisamos pensar em alguma mudança constitucional" disse ele.

O Projeto do deputado Alex Manente (Cidadania-SP), altera o Inciso 57 do Art. 5º da Constituição Brasileira, que é parte da Cláusula Pétrea, conforme interpretações possíveis.

A reunião da CCJ nesta segunda-feira (11), que segundo Manente iria apreciar a matéria, começou mais de quatro horas de atraso e votou apenas dois requerimentos até as 22 horas. Simultaneamente, Maia tentava nos bastidores criar consenso em torno da necessidade de um novo texto que não ferisse a Cláusula Pétrea.

Aparentemente deu certo, pois no início da noite o deputado Alex Manente passou a buscar assinaturas para a apresentação de uma nova PEC, agora propondo alterações nos Art. 102 e 105 da Constituição, que, resumindo, pretende limitar o número de recursos judiciais e redefinir o que é trânsito em julgado, determinando que o fim dos recursos se daria após o julgamento em 2ª instância.

O provável é que Manente junte o novo texto à PEC que já está tramitando e que o relator elimine o texto original que trata do Art. 5º em seu relatório. Isso para abreviar a apreciação de uma proposta em estágio inicial.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3